As fases da vida.

Foto de Alex Andrews no Pexels

Já reparou como a vida é cheia de fases e processos? A vida é extremamente complexa. A história de cada um é singular e intrigante, marcada por constantes mudanças de fase. Ao longo da vida de um indivíduo quantas fases podem ser vividas? Não importa se a vida é longa ou curta, cada um é lançado dentro de um contexto complexo e desafiador,e cada fase é um processo.

Nascemos, e logo os desafios começam aparecer. A primeira fase de um ser humano já se revela por si só curiosa, nossa primeira aparição ao mundo é aos berros e com a nudez exposta, todo mundo te olhando curioso, já fazendo seus prejulgamentos, e muitos já mentindo a seu respeito, dizendo, “que bonitinho”, quando na realidade isso não é uma verdade, ninguém nasce bonitinho, todo mundo nasce, pelado, enrugado, melecado e chorando. Os primeiros sentidos são: o desconforto de estarmos sendo segurados de cabeça para baixo; a sensação de frio que é completamente nova; o susto e o medo de toda aquela situação que nos pegou desprevenidos; ainda mais quando se trata de uma cesária, a sensação é: fui desalojado.

Que desafio ser um bebê, a primeira fase de todo homem. Nos primeiros minutos de vida Deus já está nos ensinando uma lição poderosa, e a lição é, você foi criado para relacionamento, completamente indefeso, dependendo de alguém para tudo, o relacionamento é questão de sobrevivência. Ninguém nasce por conta própria, todos precisam de ajuda para vir à terra.

A infância talvez seja uma das melhores fases, mas ainda assim reserva seus desafios. Os primeiros anos da criança são apenas diversão, tudo vem a sua mão, não há nenhuma exigência ou responsabilidade, em um lar saudável, o único estresse dessa criança é ouvir alguns “nãos” e talvez ser corrigida de vez em quando com uma vara.

Logo uma fase complicada está chegando, e com essa fase as responsabilidades e obrigações começam a aparecer, essa criança começa sentir que algo está mudando, talvez a saudade de ter tudo a mão já começa a aparecer, mal sabe ela que dali em diante tudo vai mudar. O ensino fundamental é até agradável, isso se você não é tímido, gordo, magro, orelhudo, dentuço, baixo ou alto demais. Para falar a verdade o ensino fundamental é uma grande selva que sempre deixa marcas. Ali a criança já começa a perceber que o mundo é um grande desafio e que ela não será aceita por todos.

Após a vida avançar um pouco mais, bate na porta uma fase sombria, com aparência de liberdade e independência, e sem permissão ela chega para mudar completamente a nossa história. A adolescência traz com ela uma nova fase e novos processos, começará a ser exigida de você uma postura diferente, a responsabilidade começa aumentar, e de agora em diante a vida engata uma marcha que acelera o processo e não haverá mais volta. As cobranças começam a ficar mais pesadas, o futuro se aproxima com velocidade, as pessoas te perguntam, o que você vai ser quando crescer? E você não faz ideia do que te espera no futuro, você só sabe que, os fracassos são constantes, o sentimento de estar perdido é frequente, somado há uma total imaturidade a vida parece uma tragédia sem solução, as perguntas não têm respostas. Com muito cansaço e fadiga essa fase vai ficando no espelho retrovisor dando lugar a outra fase e a outro processo.

A fase adulta chegou, e com ela suas infinitas responsabilidades, o peso das suas decisões são quase que fantasmas que assombram seus pensamentos, dias bons e dias ruins preenchem o calendário, choro e riso, emoção e tristeza são constantes no dia a dia. Se for solteiro, a pergunta é, quando vai casar? Se for casado, quando vai ter filho? Se já tem um, quando vai ter o segundo? A cobrança não tem fim…

Aquele que um dia foi cuidado agora cuida, a imaturidade ficou para trás, junto com a insegurança e a incerteza, agora é possível respirar melhor e entender porque a vida é feita de tantos processos e fases. Aquela vida perigosa e inconsequente vai dando lugar a sabedoria e a prudência, e no fim das contas, a vida passou tão rápida e tão intensa, que se não fossem os retratos seriam difíceis relatar os acontecimentos que ficaram para trás deixando apenas boas lembranças e histórias para contar. 

A vida diz bem vindo e rapidamente diz adeus…

“Ensina-nos a contar os nossos dias para que alcancemos um coração sábio”. 

Salmos 90:12. Bíblia Brasileira de Estudo.